Governo reduz bolsas em 64%

De acordo com o texto do DOU, foram aprovados “estudantes que alcançaram nota igual ou superior a 60 no processo seletivo”

iG Minas Gerais | Da redação |

Além dos problemas no Pronatec e no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies), os estudantes brasileiros estão enfrentando dificuldades na redução de bolsas para o programa Jovens Talentos da Ciência. No fim de fevereiro o Ministério da Educação (MEC) cortou 64,6% (7.109) das 11 mil bolsas previstas para a edição deste ano do programa. Isso representa um corte de R$ 34,1 milhões dos R$ 52,8 milhões do orçamento previsto para o projeto. O resultado das 3.891 candidaturas homologadas pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) foi publicado nesta quinta no “Diário Oficial da União” (DOU), com uma semana de atraso. O programa é destinado a estudantes de graduação de todas as áreas do conhecimento e tem o objetivo de incentivar a iniciação científica.

De acordo com o texto do DOU, foram aprovados “estudantes que alcançaram nota igual ou superior a 60 no processo seletivo”. No entanto, o edital do concurso deste ano não previa qualquer nota de corte.

O valor mensal das bolsas oferecidas aos alunos é de R$ 400 e o orçamento do programa é de pelo menos R$ 52,8 milhões, sem considerar o valor pago aos professores-orientadores. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave