Moradores fazem protesto contra retirada de médicos

Por decisão da prefeitura, 21 contratos foram suspensos

iG Minas Gerais | DAYSE RESENDE |


Manifestação foi realizada em frente ao Hospital Orestes Diniz
FOTO: JOAO LEUS / OTEMPO
Manifestação foi realizada em frente ao Hospital Orestes Diniz

Moradores e lideranças comunitárias da Colônia Santa Izabel, no bairro Citrolândia, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, protestaram nesta terça contra a retirada, por parte da prefeitura, de 21 médicos, entre clínicos e pediatras, do Hospital Orestes Diniz, que pertence à rede da Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig). A decisão foi anunciada pela Secretaria Municipal de Saúde às vésperas do Carnaval.

Por determinação da pasta, todas as solicitações de renovação de contratos com médicos na unidade de saúde estão suspensas. Os profissionais de saúde, que possuem vínculo com a prefeitura, vão ser o reintegrados às atividades em unidades de saúde do próprio município.

A prefeitura justificou que o hospital é de responsabilidade do governo do Estado e que não há convênio, contrato ou termo de cooperação firmado entre o município e a Fhemig. O Executivo garantiu, ainda, que os moradores não ficarão sem atendimento.

“Esse corte no número de médicos é uma proposta indecente da prefeitura, que tenta retirar nossa independência, conquistada com tanto sacrifício”, disse o aposentado Nelson Flores, 72, que há 60 anos mora no bairro Citrolândia.

Relembre. No último dia 24, moradores e lideranças do Citrolândia já haviam ido à Câmara de Betim pedir apoio dos parlamentares contra o corte na quantidade de médicos do Hospital Orestes Diniz.

Na ocasião, o vereador Antônio Carlos (PT) disse que, com os reduções, vários horários de atendimento na unidade vão ficar sem clínicos e pediatras. “Uma região que já é muito marginalizada, que pena com a falta de investimentos, agora sofre mais um golpe, uma total falta de respeito com a população. É o mesmo que matar as pessoas mais pobres desta cidade”, disse o parlamentar na ocasião.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave