Testes com o gel têm resultados eficazes

iG Minas Gerais | Litza Mattos |

Testes preliminares já feitos com o gel enriquecido com a proteína anti-HIV apresentaram alta eficácia e nenhum tipo de contraindicação. Os estudos também mostraram que o produto deveria ser usado de duas a três vezes por semana, segundo o pesquisador Elíbio Rech.  

“Não foi demonstrado nenhum tipo de alergia após a aplicação nos tecidos, mas é claro que até chegar ao mercado os testes devem ser ampliados para um número de pacientes com diferentes genótipos”, afirma.

A formulação do gel também ainda não foi definida, mas Rech acredita que uma quantidade de proteína poderia ser adicionada à fórmula dos lubrificantes em géis já presentes no mercado ou a fabricação de um produto único.

“Seria ainda muito especulativo prever uma data para a chegada do produto ao mercado, mas esperamos que, a partir de agora, possamos receber mais investimentos para acelerarmos todo esse processo de desenvolvimento. A esperança é que isso aconteça no menor curto prazo possível”, espera o pesquisador.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave