Argentina sofre com inundações

Temporal atinge Córdoba, San Luis, Santiago del Estero e Santa Fé, uma zona de agricultura e pecuária que responde por um grande volume de exportação de alimentos

iG Minas Gerais | AFP |

Argentina sofre com inundações
AFP
Argentina sofre com inundações

Chuvas torrenciais castigavam nesta terça-feira (3) o centro-oeste da Argentina, onde centenas de pessoas foram evacuadas e há importantes danos materiais, informaram as autoridades locais.

As inundações atingem Córdoba, San Luis, Santiago del Estero e Santa Fé, uma zona de agricultura e pecuária que responde por um grande volume de exportação de alimentos.

"É a maior catástrofe climática dos últimos 50 anos", disse José Manuel de la Sota, governador de Córdoba, província onde as inundações já deixaram sete mortos e mais de mil evacuados.

Em San Luis, a cheia dos rios levou à retirada de cerca de 300 habitantes dos bairros ribeirinhos.

"Há muitas famílias afetadas, ruas desapareceram e os danos materiais são elevados. Há gente que perdeu tudo", disse Facundo Domínguez, prefeito de Concarán, 850 km a nordeste de Buenos Aires.

Na vizinha localidade de Quines, a cheia derrubou pontes e isolou cerca de 8 mil habitantes.

Na capital da província de Santa Fé, de 350 mil habitantes, as autoridades decretaram a suspensão das aulas e da atividade pública, e os transportes coletivos não circularam.

Em Córdoba, a cheia dos rios danificou estradas e derrubou pontes, interrompendo a ligação entre a capital provincial e a localidade de Jesús María, de 30 mil habitantes.

Em Santiago del Estero, a governadora Claudia Zamora declarou feriado escolar e administrativo em toda a província e convocou um comitê de emergência para responder às necessidades sanitárias de cerca de 300 evacuados.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave