Dólar fecha acima de R$ 2,92; maior valor desde setembro de 2004

O dólar vem subindo desde a divulgação de dados que mostram a recuperação da economia dos Estados Unidos

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Argentina cria exigências para controlar volume de dólares no país
ADEM KAYA/ARQUIVO STOCKXPERT
Argentina cria exigências para controlar volume de dólares no país

O dólar comercial registrou mais um dia de alta hoje (3) e ultrapassou o patamar de R$ 2,92, fechando a terça-feira em R$ 2,928. A partir das 14h, a moeda norte-americana apresentou uma subida constante e fechou com alta de 1,14% em relação a ontem (R$ 2,895). O valor é o maior desde 2 de setembro de 2004, quando a cotação foi a R$ 2,94.

Em 2015, a moeda norte-americana acumula alta de 8,7% em relação ao real. O dólar vem subindo desde a divulgação de dados que mostram a recuperação da economia dos Estados Unidos. Em janeiro, as encomendas de bens duráveis (como automóveis e eletrodomésticos) subiram naquele país, interrompendo uma sequência de quatro meses de queda.

O aumento do consumo nos Estados Unidos reforça as perspectivas de que o Federal Reserve (Fed, o Banco Central norte-americano) em breve pode aumentar os juros da maior economia do planeta. Juros mais altos nos países desenvolvidos reduzem o fluxo de capital para países emergentes como o Brasil, pressionando o dólar para cima.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave