'É piada', diz Alexandre Frota sobre história de suposto estupro

Ator explica que declarações sobre ter feito sexo sem consentimento de uma mãe de santo, contada no programa "Agora É Tarde", trata-se de ficção

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Alexandre Frota é acusado de apologia ao estupro em programa da TV Bandeirantes
Reprodução
Alexandre Frota é acusado de apologia ao estupro em programa da TV Bandeirantes
Depois de gerar revolta na internet pelas declarações polêmicas no programa "Agora É Tarde", da TV Band, o ator e diretor Alexandre Frota explicou ao portal iG que sua história sobre um suposto estupro de uma mãe de santo trata-se de uma ficção. "Fez sucesso, né? É a segunda vez que reprisam essa entrevista. No inédito, quando passou ninguém reclamou ou nenhum ativista apareceu. A mãe de santo é fictícia, por isso não menciono nome porque não existe", justificou.   "A história fez parte do meu stand up, no ano passado. É uma história contada em forma de piada, com humor, inclusive, funcionou bem na TV, mas no teatro não teve muita repercussão. Outra coisa, não vou me desculpar de nada porque nada fiz de errado. Temos liberdade de criar e roteirizar, e é isso. Repeito as mulheres, sou muito bem casado e essa onda é falta do que fazer", completou.    O caso de sexo sem consentimento foi contado em meio a risos de Frota e da plateia do apresentador Rafinha Bastos. Durante entrevista na edição que foi ao ar na última quarta (25), o ator contou que tudo aconteceu dentro de um terreiro de candomblé. Ele narrou que foi para o local sem segundas intenções, mas percebeu que a mulher era muito bonita e que ela chegou a desmaiar por causa da força que ele fez ao segurar seu pescoço.   

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave