Por recomendação médica, Alonso está fora do GP da Austrália

A McLaren informou nesta terça-feira que o espanhol não apresenta nenhum problema, mas deve ficar em repouso devida a concussão que sofreu no acidente em Barcelona

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A equipe também garante que o piloto poderá retornar às pistas no GP da Malásia, no dia 29 de março
Reprodução/ Facebook McLaren
A equipe também garante que o piloto poderá retornar às pistas no GP da Malásia, no dia 29 de março

Principal contratação da McLaren para a atual temporada da Fórmula 1, o espanhol Fernando Alonso ficará de fora do primeiro Grande Prêmio de 2015, que acontece no dia 15 de março, na Austrália. A equipe informou nesta terça-feira que a decisão segue uma recomendação médica, já que o piloto ainda se recupera de uma concussão sofrida após o acidente nos treinos em Barcelona, no dia 22 de fevereiro.

Segundo a McLaren, Alonso vem realizando exaustivamente uma série de testes e exames- inclusive um teste foi feito na noite dessa segunda-feira- e que nenhum apresentou sintoma de algum problema ou lesão. “ Portanto, os exames descrevem como totalmente saudável (Alonso) a partir de perspectivas neurológicas e cardíacas”, afirmou a equipe em nota.

No entanto, como o piloto sofreu uma concussão e chegou a desmaiar ainda no carro, os médicos acreditam que o espanhol deve limitar os fatores de risco ambientais que poderiam resultar em outro abalo. Por isso Alonso não irá participar dos treinos nos dias 13 e 14 e muito menos da corrida na Austrália, no dia 15.

Ainda segundo a McLaren, o espanhol bicampeão da F-1 compreendeu a situação e acatou o pedido dos médicos. Desse modo, para o primeiro GP da temporada, o reserva Kevin Magnussen - titular em 2014- irá competir no lugar de Alonso.

A equipe também garante que o espanhol poderá retornar às pistas no GP da Malásia, no dia 29 de março e que até lá irá continuar os tratamentos.