'Quem tiver que pagar vai pagar', garantiu procurador-geral Janot

Expectativa é de que os primeiros pedidos de investigação contra autoridades cheguem nesta terça-feira (3) à Corte

iG Minas Gerais | Da Redação |

"Quem tiver que pagar vai pagar", garantiu o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na noite dessa segunda-feira (2), às vésperas de encaminhar ao Supremo Tribunal Federal os pedidos de investigação de políticos citados como beneficiários do esquema de corrupção na Petrobras, segundo o jornal Estadão. A declaração foi dada a manifestantes que faziam vigília de apoio a ele na sede da Procuradoria-Geral, em Brasília.

A expectativa é de que os primeiros pedidos de investigação contra autoridades cheguem nesta terça-feira (3) à Corte. O relator da Operação Lava Jato, o ministro Teori Zavascki, considera derrubar o digilo de todos os pedidos de inquérito enviados por Janot, tornando público o nome dos políticos envolvidos. 

Leia tudo sobre: listapolíticosinvestigaçãoJanotprocurador-geralLava JatoPetrobras