Ansiedade

iG Minas Gerais |

Em 1 Pedro 5.7 diz: “Lançando sobre Ele toda vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós”. Quais são os sintomas da ansiedade? Como podemos perceber no dia a dia se estamos ansiosos? Ela se manifesta de muitas maneiras: uma delas é a “apreensão”. Falta alegria, não há sorriso, mas muita tensão. É difícil ver o brilho nos olhos de uma pessoa ansiosa, um sorriso, uma gargalhada, pois ela vive esmagada pela ansiedade. Outra característica da ansiedade é o “medo”. A pessoa ansiosa não tem somente medo do cobrador que vai bater a sua porta, mas tem a vida caracterizada pelo medo, age como se estivesse sendo consumida por este sentimento. Tem medo até de dar um passo e tomar determinadas atitudes. Existem pessoas que não se casam por medo. A ansiedade provoca na pessoa um desgaste tão terrível que as levam a outro sintoma ainda mais doloroso, o desespero. A ansiedade provoca fadiga, causando também insônia. Um dos medicamentos mais vendidos hoje é para a ansiedade, para se conseguir dormir. O ansioso tem dificuldade de concentração, sintomas físicos como taquicardia, dor de cabeça, tontura, diarreia, indigestão, falta de ar, boca seca, pele fria, palidez, dentre outros. A Palavra diz em 1 Pedro 5.7 que devemos lançar sobre o Senhor toda a nossa ansiedade. Às vezes, queremos carregar sobre os nossos ombros aquilo que Jesus já carregou. Mas não é para ficarmos nos matando com uma situação, devemos lançar sobre o Senhor. A vontade de Deus é que possamos viver livres, soltos, leves. Não é para termos uma vida pesada, a fé cristã não é um fardo. Jesus disse: “Vinde a mim, todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma. Porque o meu jugo é suave, e o meu fardo é leve” (Mt 11.28-30). Devemos lançar sobre o Senhor o nosso fardo. E não somente o que aos nossos olhos parece grande, mais difícil, mas também as pequenas coisas que precisamos resolver, Deus se importa conosco nas pequenas coisas. O Salmo 127.2 diz: “Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão que penosamente granjeastes; aos seus amados ele o dá enquanto dormem”. Deixe Deus trabalhar em sua vida. Muitos não dormem e estão tentando resolver os problemas e outras coisas pela força dos próprios braços. Não significa que devemos ser irresponsáveis e não cumprir com as nossas obrigações. Porém, o inimigo quer insuflar as nossas obrigações a ponto de se tornarem um fardo e assim nos acostumamos a viver cansados, indispostos, com relacionamentos desgastados. Mas a Palavra diz que isso é inútil. Amado (a), inútil é tentar enxugar o gelo, impossível. A Bíblia diz: “O homem não pode receber coisa alguma se do céu não lhe for dada” (Jo 3.27). Muitas confusões acontecem na nossa vida porque fazemos o que Deus não nos mandou fazer. E somos responsáveis pelas nossas escolhas. Um exemplo é quando você compra uma casa com o dinheiro que não tem e nem pode arcar com as prestações mensais ou faz um empréstimo para poder viajar de férias. Não age de acordo com a vontade de Deus, trazendo a ansiedade para a sua vida. Precisamos sempre depender, pedir a direção do Senhor: “Senhor, devo fazer este negócio? Devo fazer essa viagem? Devo assumir esse emprego?” Quando você entrega seu caminho ao Senhor, precisa confiar nEle, pois Ele tudo faz para o seu bem. Quando você caminha tendo essa confiança, de que Deus o mandou fazer algo, há convicção da vontade de Deus, então você vai ter a provisão, pode seguir adiante que Ele estará com você. Entretanto, muitas vezes queremos fazer tudo sozinhos e ficamos dando “cabeçadas”, fazemos outros sofrerem por causa da nossa autossuficiência. Agora é hora de vivermos na dependência total do Senhor.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave