Marido de deputada usará avião próprio

Hélio Gomes, marido da deputada Brunny (PTC), também afirmou que não concorda com a cota, mas por outros motivos

iG Minas Gerais | Denise Motta |

Depois do mal-estar causado pela decisão da Câmara de retomar a cota de passagens para cônjuges de deputados, entre maridos e esposas de parlamentares as opiniões são divergentes. Stael Santana, mulher do deputado federal Nilmário Miranda (PT), disse que, mesmo que a cota seja mantida, não fará uso. “Acho um absurdo. Não usaria em nenhuma hipótese, e tenho certeza de que Nilmário é da mesma opinião”.  

Hélio Gomes, marido da deputada Brunny (PTC), também afirmou que não concorda com a cota, mas por outros motivos. Disse que nunca precisou de tal auxílio, pois tem avião próprio.

Há ainda casos de deputados que defendem o benefício, mas afirmam não pretendem fazer uso, como o peemedebista Leonardo Quintão. Ele defende que colegas idosos usem o recurso para ter a companhia das esposas. Segundo Quintão, sua mulher, Poliana, não utilizará. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave