Fidens e Faria negam participação

A Galvão Engenharia informou que os contratos “foram firmados de maneira lícita”. Já a Serveng disse que “desconhece o assunto”

iG Minas Gerais |

São Paulo. Por meio de sua assessoria de imprensa, o deputado Luiz Fernando (PP-MG) rechaçou a informação de que teria participado da indicação da Fidens. Negou também ter recebido valores ilícitos. “Não são verdadeiras as supostas afirmações contidas em depoimento do senhor Alberto Youssef”, diz trecho da nota.  

A Fidens nega que tenha sido contratada por ingerência pessoal do deputado Luiz Fernando faria junto a Paulo Roberto Costa, que tenha pago propina ao parlamentar e que tenha participado de qualquer irregularidade nas obras da Premium I.

A Galvão Engenharia informou que os contratos “foram firmados de maneira lícita”. Já a Serveng disse que “desconhece o assunto”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave