Dunga desconversa sobre ser técnico da seleção olímpica

Técnico disse que está focado na equipe principal

iG Minas Gerais | Folhapress |

Para Dunga, seleção brasileira precisa de uma base e jogadores brasileiros estão incluídos em seu planejamento
Rafael Ribeiro/CBF
Para Dunga, seleção brasileira precisa de uma base e jogadores brasileiros estão incluídos em seu planejamento

 O técnico da seleção brasileira, Dunga, disse nesta segunda que está "focado" no time principal e desconversou sobre a possibilidade de comandar a equipe olímpica nos Jogos do Rio. Depois da campanha decepcionante no Sul-Americano sub-20, Alexandre Gallo está ameaçado no cargo olímpico.

A seleção ficou em quarto lugar no torneio. O trabalho de Gallo foi criticado publicamente pelo presidente da CBF, José Maria Marin. Ao ser questionado se aceitaria comandar a equipe olímpica, Dunga disse que respeita a "hierarquia".

"Estou muito focado no que é o meu trabalho [a seleção principal]. Existe uma hierarquia na CBF e respeito isso", disse o treinador."Não seria justo eu me pronunciar se aceitaria treinar a seleção olímpica quando já tem um treinador", completou.

Dunga comandou o time olímpico nos Jogos de Pequim-08. A seleção ficou com a medalha de bronze. Como jogador,ele ganhou a prata em Los Angeles-84.

Nesta segunda, Gallo se reuniu com o coordenador de seleções, Gilmar Rinaldi, para ser apresentado a nova comissão técnica do time sub-20.

Na semana passada, a CBF demitiu mais de 10 profissionais que trabalharam com Gallo no Sul-Americano.

Rinaldi disse que Gallo vai permanecer no cargo até a Olimpíada. Mas a campanha no Mundial sub-20 será determinante para o futuro do treinador na CBF.

Leia tudo sobre: Dungaseleção olímpicatécnico