Em Barcelona, Femen protesta contra Mark Zuckerberg

A empresa de Zuckerberg tem como política remover páginas que, em sua opinião, violam as regras de conteúdo da rede social, como o veto à exibição de corpos nus

iG Minas Gerais | Folhapress |

Em Barcelona, Femen protesta contra Mark Zuckerberg
Josep Lago / AFP
Em Barcelona, Femen protesta contra Mark Zuckerberg

Ativistas do grupo Femen aproveitaram a passagem de Mark Zuckerberg por Barcelona para protestar.

Com seios de fora e mensagens escritas no corpo, ao menos três manifestantes apareceram do lado de fora do Mobile World Congress, maior feira do setor de telecomunicações no mundo, momentos antes da apresentação do fundador do Facebook. Elas não entraram no evento e foram logo detidas.

A empresa de Zuckerberg tem como política remover páginas que, em sua opinião, violam as regras de conteúdo da rede social, como o veto à exibição de corpos nus. Esse tipo de medida tirou do ar publicações do grupo, famoso pelo protesto de mulheres exibindo os seios. Em 2013, um post da Folha de S.Paulo noticiando um protesto do Femen também foi deletado pelo Facebook.

No protesto desta segunda (2), em Barcelona, as mulheres exibiam o corpo pintado com mensagens como "Zuckerberg, deixe meus mamilos em paz" (em tradução livre) e cartazes com inscrições como "Facebook, sexismo é um dos nossos termos e condições". De origem ucraniana, o Femen tem como linha de ação buscar a maior cobertura de mídia possível para seus protestos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave