Morador do Tupi reclama de demora em conserto de vazamento de água

Problema é na rua Emílio Cardoso Aires e há acontece há cerca de um mês; Copasa garante serviço estará finalizado no local até o fim da tarde desta segunda-feira

iG Minas Gerais | Da Redação |

Além do desperdício, vazamento atrapalha trânsito
Webréporter
Além do desperdício, vazamento atrapalha trânsito

Um vazamento de água tem preocupado um morador do bairro Tupi, na região Norte de Belo Horizonte. De acordo com denúncia feita à reportagem de O TEMPO, há pelo menos um mês o problema acontece no local e o conserto não é providenciado pela Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa).

"Há um vazamento de água no bairro Tupi já há um mês. Foram feitas várias ligações e nada foi resolvido. Funcionários da Copasa vieram e tentaram arrumar o vazamento, mas as 3 vezes que vieram, passou um dia e voltou novamente. A rua tem acesso ao Hospital Sofia Feldman e também é itinerário do ônibus da linha 1509, onde o tráfego é intenso, além de ter uma escolinha infantil e atrapalhar não só o trânsito, como a questão de desperdício de água", detalhou o morador.

O vazamento é na rua Emílio Cardoso Aires. De acordo com a assessoria de imprensa da Copasa, o ramal da rede será substituído ainda nesta segunda-feira (1º) até o fim da tarde.

Leia tudo sobre: vazamento de águaconsertoproblema