Desemprego na Eurozona registra o menor nível desde abril de 2012

Alemanha registrou o menor índice de desemprego, 4,7%, enquanto a Grécia registrou a maior taxa, de 25,8%; ao mesmo tempo, a inflação na zona do euro continuou negativa em fevereiro

iG Minas Gerais | AFP |

AGÊNCIA FRANCE-PRESSE
undefined

O índice de desemprego voltou a cair em janeiro na Eurozona, pelo segundo mês consecutivo, e registrou o menor nível desde abril de 2012, segundo os números divulgados pela agência europeia de estatísticas Eurostat.

A taxa de desemprego foi de 11,2% em janeiro, depois do resultado de 11,3% em dezembro, ou seja, 140.000 desempregados a menos. No total, eram 18,059 milhões de pessoas sem trabalho em janeiro.

A mesma tendência foi registrada no conjunto da União Europeia (28 membros). O desemprego caiu um décimo na comparação com o mês anterior, a 9,8%, o que representa 156.000 pessoas a menos. As pessoas sem emprego eram 23,815 milhões em janeiro em toda a UE.

A Alemanha registrou o menor índice de desemprego, 4,7%, enquanto a Grécia registrou a maior taxa, de 25,8% (dados relativos a novembro).

Ao mesmo tempo, a inflação na zona do euro continuou negativa em fevereiro, segundo a primeira estimativa da Eurostat.

Os preços nos 19 países membros da Eurozona registraram contração de -0,3% em fevereiro, depois de um resultado de -0,6% em janeiro.

Este é o terceiro mês consecutivo de retrocesso dos preços, o que mantém o temor de deflação, um fenômeno nocivo para a economia caracterizado por uma redução prolongada e generalizada dos preços.

Leia tudo sobre: eurozonataxa de desempregoeconomiaeuropa