Polícia Civil investiga estupro contra menina de 4 anos em Betim

Após sair da casa de uma cuidadora de crianças, garota começou a se queixar de dores no ânus; filho da mulher foi conduzido à delegacia

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

A Polícia Civil investiga um estupro contra uma menina de apenas 4 anos em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O caso foi descoberto nesse domingo (1º) depois que a criança reclamou com a avó que estava com dores no ânus.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a corporação foi acionada por uma assistente social da Unidade de Atendimento Integrado (UAI) 7 de Setembro.

Em contato com a avó da vítima, ela contou aos militares do 33º Batalhão que na última sexta-feira (27) precisou trabalhar e deixou a neta na casa de uma cuidadora de crianças no bairro Jardim das Alterosas 2ª Seção.

Quando voltou do trabalho, a mulher pegou a garota normalmente e foi para casa. Já na madrugada de sábado (28), a menina começou a gemer de dor e, na parte da manhã, não conseguia fazer suas necessidades fisiológicas. A idosa disse que não levou a neta antes ao hospital porque estava aguardando que a mãe da vítima chegasse com os documentos.

Nessa domingo, a médico que atendeu a paciente contou que a menina sofreu uma hiperemia, que é o aumento de sangue em uma região do corpo. No caso da garota, a hiperemia aconteceu no ânus.

Policiais foram até a casa da cuidadora de crianças e tentou contato com o filho dela, que não estava. Os militares o localizaram pelo telefone e ele se apresentou espontaneamente. O homem foi conduzido á delegacia para prestar esclarecimentos. O teor do depoimento não foi divulgado.

Após receber atendimento médico, a criança voltou para casa.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave