Robinho faz dois de novo, e Santos vence a quinta partida no Paulista

Atacante das pedaladas tomou gosto pelos gols em 2015, volta a balançar as redes e ajuda alvinegro a vencer

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Depois de marcar seus dois primeiros gols no ano somente na semana passada, o atacante Robinho voltou a balançar as redes duas vezes neste domingo, (1º) na vitória do Santos sobre o Linense por 4 a 2, no Pacaembu, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Assim, o camisa 7 santista chegou a quatro gols no Estadual. Ele ainda viu Renato marcar o segundo tento do time da Vila Belmiro antes de participar diretamente do terceiro, anotado pelo goleiro Anderson, contra. Depois, Diego e William ainda descontaram para o Linense antes de o veterano atacante decretar o placar no fim do jogo.

Com o resultado, a equipe do técnico Enderson Moreira chegou aos 17 pontos no Grupo D e abriu a maior diferença entre um líder e o segundo colocado na competição. O XV de Piracicaba, vice da chave, soma apenas seis. Já o Linense permaneceu na quarta posição do Grupo C. Com muita movimentação no ataque, o Santos conseguiu envolver a defesa do Linense desde os primeiros minutos de jogo. Robinho (pela esquerda), Lucas Lima (pelo centro) e Geuvânio (pela direita) trocavam de posição com frequência e impunham muita velocidade quando tinham a bola.

E um gol logo aos 3min de partida facilitou para que a equipe da Vila Belmiro tivesse maior posse de bola e presença ofensiva por quase toda a partida. No lance, após uma rápida cobrança de falta de Lucas Lima, Robinho recebeu o passe nas costas da defesa do Linense e chutou cruzado, no ângulo do goleiro Anderson para fazer 1 a 0.

Após a rápida vantagem no placar, no entanto, o Santos diminuiu o ritmo e não ameaçou com tanta frequência a zaga do time do interior. Apenas aos 26min, Ricardo Oliveira desperdiçou boa chance de ampliar ao chutar a bola por cima do travessão adversário. Com isso, o Linense começou a encontrar espaços para contra-atacar. Isso porque o Santos, com uma proposta bastante ofensiva, tinha apenas Valencia e Renato na marcação à frente da defesa santista, que sofreu com algumas descidas rápidas dos visitantes.

Porém, em uma jogada de bola parada, os santistas chegaram ao segundo gol. Aos 38min, após cobrança de escanteio, Renato se antecipou à zaga do Linense na altura da segunda trave e, de cabeça, anotou 2 a 0.

No segundo tempo, o Santos novamente marcou logo no reinício da partida. Aos 4min, após rápido contragolpe, Ricardo Oliveira fez boa jogada individual e passou para Robinho, que tentou devolver para o centroavante na pequena área. No meio do caminho, a bola desviou na zaga, na trave e o goleiro Anderson acabou espalmando para o fundo das redes.

Depois, o time santista ficou com o jogo a seu caráter. Com muitos espaços nos contra-ataques, a equipe do litoral paulista criou com frequência novas chances de aumentar o marcador. Como aos 8min, quando Robinho recebeu passe em profundidade de Geuvânio e deu uma cavadinha na saída do goleiro, mas a bola bateu na trave e saiu pela linha de fundo.

Aos 24min, Diego diminuiu para o Linense em cobrança de pênalti e, com isso, os visitantes esboçaram uma reação no final do jogo. Minutos depois, William aproveitou cobrança de escanteio e descontou novamente para o time do interior. Porém, em novo contragolpe, Gabriel, que havia entrado pouco tempo antes na vaga de Ricardo Oliveira, deu belo passe para Robinho, que driblou o goleiro adversário e chutou para o gol vazio, selando a quinta vitória santista no torneio.

SANTOS

Vanderlei; Cicinho, Werley, David Braz e Victor Ferraz; Valencia (Elano), Renato e Lucas Lima; Geuvânio (Lucas Otávio), Robinho e Ricardo Oliveira (Gabriel). T.: Enderson Moreira

LINENSE

Anderson; Bruno Moura, Adalberto, Álvaro e Igor; Moisés Ribeiro, Memo, Clébson (Bruno Tiago) e Gilsinho (Felipe Augusto); William Potker e Diego (Gabriel). Técnico: Luciano Quadros Gols: Robinho, aos 4min, e Renato, aos 38min do 1º tempo; Anderson (contra), aos 4min, Diego, aos 24min, William Potker, aos 28min, e Robinho, aos 45min da etapa final

Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP) Árbitro: Douglas Marques das Flores (SP) Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Fernando Afonso G. de Melo (SP) Público/Renda: 10.954 pagantes e R$ 324.680 Cartões Amarelos: Robinho e David Braz (SAN) e Moisés Ribeiro (LIN)

Leia tudo sobre: SANTOSROBINHOCAMPEONATO PAULISTA