Organização adia terceiro dia do Mundial de surfe na Austrália

Condições não favoráveis do mar australiano impediram realização de baterias da repescagem

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

A organização do Mundial de surfe adiou o terceiro dia de competição da primeira etapa do Mundial de surfe, neste domingo (1º), em Gold Coast, na Austrália, por causa das condições do mar.

"Vamos ter folga hoje. [A ondulação] parece que está realmente pequena hoje. Estaremos de volta amanhã [segunda-feira] para ver como [o mar] estará", disse Jessi Miley-Dyer, comissária da Liga Mundial de Surfe.

O torneio começou na sexta-feira (27) e teve toda a sua primeira fase realizada. Nela, o paulista Gabriel Medina, que defende o título, se classificou diretamente para a terceira rodada ao vencer o seu compatriota Wiggolly Dantas e o americano Dane Reynolds. A próxima fase a ser disputada é a repescagem, que vai contar com os outros seis brasileiros que estão na elite do surfe.

Adriano de Souza, o Mineirinho, encara o americano C.J. Hobgood, enquanto Ítalo Ferreira enfrenta o australiano Adrian Buchan. Já Filipe Toledo pega o australiano Adam Melling, e Wiggolly Dantas mede forças contra o australiano Kai Otton.

Na última bateria da repescagem, Miguel Pupo e Jadson André fazem um duelo brasileiro por uma vaga na terceira rodada.

A próxima chamada será feita nesta segunda-feira (2), às 18h30 (de Brasília). A etapa de Gold Coast tem a janela aberta até o dia 11 de março.

Leia tudo sobre: SURFEGABRIEL MEDINAGOLD COASTAUSTRALIA