Tite desaprova primeira experiência com Guerrero e Love no ataque

Técnico alvinegro não gostou do desempenho da dupla e apostou em Danilo, que deu mais movimentação ao time

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Tite tirou Lodeiro da lista de jogadores após conversa com a diretoria
ALÊ VIANNA/AGÊNCIA ESTADO
Tite tirou Lodeiro da lista de jogadores após conversa com a diretoria

Tite não aprovou a primeira experiência com a dupla Vágner Love e Guerrero no ataque. Por falta de ritmo de jogo, o técnico tirou Love no intervalo. Danilo entrou, o Corinthians subiu de produção e derrotou o Mogi Mirim por 3 a 0 neste domingo (1), no Itaquerão.

Com o pensamento no confronto de quarta (4), contra o San Lorenzo, pela Libertadores, o técnico colocou em campo uma escalação recheada de reservas. Ele pretendia preservar Danilo para o jogo em Buenos Aires. Mas viu que a entrada do meia e o retorno para o esquema 4-1-4-1, poderiam fazer a diferença, como realmente aconteceu.

"Danilo consegue fazer diferentes funções e sempre em alto nível", elogiou o treinador. Tite não poderá contar com Guerrero na Libertadores. O peruano vai cumprir a última partida de suspensão por ter ido expulso contra o Once Caldas, da Colômbia, pela primeira fase. Vágner Love deverá ser opção para o banco de reservas.

"O Vágner ainda está abaixo no condicionamento e nos treinos. Fiz essa observação a ele. No treinamento estava descoordenado, perdendo o momento do passe, da finalização. Está retomando o ritmo ainda. Mas [Love e Guerrero] podem jogar juntos. Deu certo no primeiro tempo? Não. Mas pode dar certo. Os dois são móveis, têm boa finalização. O entrosamento pode proporcionar isso", completou o técnico.

Para enfrentar o San Lorenzo, devem voltar Felipe, Gil, Fágner, Uendel, Ralf, Elias e Renato Augusto, que não entraram em campo diante do Mogi Mirim.

Leia tudo sobre: corinthiansloveguerrerotite