Sem encantar, Galo vence para retomar a confiança antes do clássico

Jemerson e Lucas Cândido, ambos revelados pelo clube, anotaram os gols atleticanos diante do Bugre

iG Minas Gerais | FERNANDO ALMEIDA |

Atlético e Guarani se enfrentam no estádio Independência, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro
douglas magno
Atlético e Guarani se enfrentam no estádio Independência, pela quinta rodada do Campeonato Mineiro

O Atlético conseguiu a tão esperada vitória para resgatar a confiança antes do clássico no Campeonato Mineiro, após três derrotas seguidas. O triunfo não foi elástico, 2 a 0 no marcador, e erros pontuais, técnicos e táticos, foram detectados. Mas o torcedor finalizou o duelo cantando forte e aplaudindo sua equipe. Os gols do confronto no Independência foram anotados por Jemerson e Lucas Cândido, um dos melhores do jogo.

O clássico contra o Cruzeiro será às 16h do próximo domingo e terá mando de campo da Raposa, sendo, com isto, no Mineirão. O Guarani, que ainda não venceu no Estadual e está na lanterna, recebe o Democrata-GV às 16h do dia anterior.

O jogo. Mesmo com o Atlético entrando com a equipe titular em campo, a torcida atleticana sentiu as três derrotas em sequência e não compareceu em grande número. Contudo, os gritos de incentivo estiveram presentes desde antes do apito inicial e perduraram durante o duelo.

Confuso no começo do jogo, o time atleticano sofreu sustos com a velocidade de Marcinho e Carlos Renato, mas não demorou para acordar. Sem um centroavante fixo no ataque, o Galo tinha Carlos como o homem mais avançado, mas com Dodô, Luan e Cárdenas chegando a frente.

E Carlos que teve as primeiras chances de gol. Aos 14 min chegou a driblar o goleiro George, voar na grande e ver o árbitro, acertadamente, não marcar o pênalti. Carlos não se intimidou e carimbou a trave logo em seguida.

O Guarani se resguardava na defesa, mas também chegava ao gol atleticano. Foram oito finalizações apenas na etapa inicial – com três intervenções de Victor –, contra seis do Galo.

O quarteto de ataque do Galo – Cárdenas, Luan, Dodô e Carlos – tentava furar a defesa com uma mescla de vontade e alguns bons passes. Contudo, o gol saiu pelo alto, em cabeçada de Jemerson em escanteio cobrado por Dodô.

Cesinha entrou na vaga do colombiano e deu um novo gás para o Galo. Luan ficou ainda mais a cargo da armação e deixou a velocidade frenética para o restante do ataque. O teste de Levir deu resultado e o Galo ampliou com Lucas Cândido após toque solidário de Dodô.

O time alvinegro terminou o jogo cadenciando o jogo, mas mostrando alto vigor físico não visto nas últimas partidas.

FICHA TÉCNICA Atlético 2 x 0 Guarani

Motivo: 5ª rodada do Campeonato Mineiro Estádio: Independência Árbitro: Jeferson Antônio da Costa

Cartões amarelos: Lucas Cândido (ATL); Cartão vermelho: - Gols: Jemerson 1-0 (37min/1T); Lucas Cândido 2-0 (22min/2T)

Atlético: Victor; Patric, Edcarlos, Jemerson e Lucas Cândido; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Cárdenas (Cesinha) e Dodô; Luan e Carlos. Técnico: Levir Culpi

Guarani: George; Jailson, Marx, Tiago Papel e Iago; Jataí (João Carlos), Leandro Ferreira, Michel Cury e Carlos Renato (Tardelli); Marcinho e Fábio Júnior (Walterson). Técnico: Gian Rodrigues

Leia tudo sobre: atleticogaloguaranicampeonato mineiro