Motorista é assaltado por travestis ao parar em semáforo da Pampulha

Uma das suspeitas, conhecida como Alana, foi presa; ela nega o crime e afirma que vítima marcou um programa

iG Minas Gerais | CAROLINA CAETANO |

Uma travesti de 20 anos foi presa suspeita de ter roubado, juntas com três amigas, um motorista que parou em um semáforo no bairro Santa Branca, na região da Pampulha, em Belo Horizonte, na manhã deste domingo (1º).

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, o homem de 38 anos contou que, ao parar no sinal da rua Antero de Quental, foi abordado por duas travestis e dois homens. Eles estavam armados com canivetes e anunciaram o assalto.

Os ladrões, ainda na versão da vítima, fugiram com R$ 300 e um iphone 6. O motorista foi até uma base do  Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da área e comunicou o roubou. Durante rastreamento, uma das suspeitas foi localizada.

A travesti negou o crime e afirmou que o condutor do veículo tinha marcado um programa com ela. Além disso, o crime teria sido praticado por outras travestis. A suspeita foi encaminhada à Central de Flagrantes (Ceflan).

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave