Tapete vermelho da ostentação

iG Minas Gerais |

Já pensou quanto custam os modelitos selecionados pelas celebridades para receber a estatueta mais importante do cinema? De olho nas escolhas – quase sempre exclusivas – listamos a seguir as principais curiosidades daqueles vestidos que cruzaram o red carpet sem passar despercebido. Numericamente falando. Julianne Moore, que ganhou o Oscar de Melhor Atriz, usou um vestido branco – cor preferida das celebridades nesta edição – assinado por Chanel. O modelo, feito com exclusividade para ela, demorou 927 horas para ser confeccionado, sob cuidado de 27 pessoas para pintar os 80 mil paetês à mão. Outro que demorou muito tempo para ser feito – 2.000 horas – foi o da atriz Rosamund Pike, que foi vestida de vermelho assinado por Givenchy. Lady Gaga, que nunca havia vestido algo customizado, usou um Alaïa que demorou dez semanas para ficar pronto e foi feito por 25 pessoas. Uma pena que virou meme.  

Lupita Nyong’o, que raramente erra na sua escolha, também usou um modelo exclusivo feito pelo mineiro Francisco Costa (Calvin Klein) com 6. 000 pérolas, avaliado em US$ 150 mil. De acordo com o site americano TMZ, o modelo foi furtado do próprio quarto onde a atriz estava hospedada, no London West Hollywood. 

As joias das celebridades, que às vezes roubam mais a cena do que o próprio look, somam valores astronômicos. As mais caras deste red carpet foram as da cantora Rita Ora, da Lorraine Schwartz, avaliadas em US$ 7,5 milhões. As de Nicole Kidman, todas Harry Winston, somavam US$ 7,2 milhões.

A grife mais usada nesta edição do red carpet foi Versace – ao todo foram nove atrizes usando um modelo da grife. Os homens vestiram ternos Prada. Quanto aos sapatos, Christian Louboutin e Jimmy Choo empataram entre as celebridades. (LKM)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave