Moda à milanesa

Circo da moda chega à Itália, com cores, flores e muita pele

iG Minas Gerais | Natália D’ornellas |

A fila final da Gucci, em clima de romance
GIUSEPPE CACACE
A fila final da Gucci, em clima de romance

Depois de uma passagem pouco marcante por Nova York (a terra do minimalismo) e de outra mais animada pela Londres da experimentação fashion, a turma da moda se mandou, na última quarta, para Milão, onde as cores da temporada começam a se apresentar, até que venha a apoteose parisiense, o auge da temporada. 

Maratona de nomes fortes, como Prada, Fendi, Versace, Moschino e Pucci, a semana de Milão começou com a aguardada primeira coleção feminina de Alessandro Michele para a Gucci, depois da saída de Frida Giannini, em janeiro. Para quem se acostumou a ver uma mulher Gucci sexy na medida e moderna na silhueta, Michele fez uma grande bagunça e encheu a história de romance. Para desafinar ainda mais o coro, apostou na estética andrógina e vestiu meninos de menina e vice-versa. Assim, camisas com babados e laços, mangas curtas e bolsas (femininas!) foram desfilados por homens, que de tão modernos, confundiam quem estava na plateia.

A temporada italiana segue até o próximo dia 3, terça-feira, e na sequências vêm os desfiles parisienses de 3 a 11 do próximo mês.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave