Ânimo com a TV fechada

iG Minas Gerais |

Em seu primeiro trabalho na TV fechada, Paloma Bernardi vê com bons olhos a expansão do volume de séries no mercado de canais a cabo. Para a atriz, é a chance de trabalhar com referências da estética cinematográfica em um veículo de grande alcance como a televisão. “Quanto mais as pessoas se manifestarem artisticamente, melhor. É bom ver o meio com esse movimento intenso. Significa maior número de produções de qualidade”, avalia.

Paloma sempre teve certeza de seu futuro na carreira artística. Assim como boa parte das profissionais, a atriz começou sua trajetória trabalhando com publicidade aos 5 anos. Porém, paralelamente, frequentava cursos de interpretação e se formou em artes cênicas.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave