Sindicalista critica falta de diálogo com a categoria

De acordo com a sindicalista, Executivo precisa negociar com a categoria

iG Minas Gerais | Guilherme Reis |

A presidente do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, acusa o governo do Estado de falta de mobilização para resolver o problema dos atingidos pela Lei 100.  

De acordo com a sindicalista, Executivo precisa negociar com a categoria. “O governo atual está tendo o mesmo comportamento do governo anterior: não conversa com a categoria. Além disso, o Executivo continua negando o direito de aposentadoria daqueles que já adquiriram esta condição, os quais o STF pediu para aposentar. A discussão que a Marília Campos levanta sobre a situação previdenciária é importante, e o governo precisar fazer o mesmo’, criticou Beatriz Cerqueira.

Em nota, o governo de Minas reafirma que tem “constante diálogo com as categorias afetadas pela Lei 100”. “É interesse da nova administração reestruturar e valorizar as carreiras dos servidores. Prova desse compromisso é a constituição do grupo de trabalho encarregado de promover um amplo estudo referente à valorização dos servidores da educação. O colegiado é composto por representantes do governo e do Sind-UTE.” 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave