Disputa mineira fica mais acirrada com derrota do Praia em Osasco

Devido à vitória do Molico-Nestlé-SP sobre as comandadas de Picinin, nesta sexta, apenas dois pontos separam o time de Uberlândia do Minas

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

O Praia Clube não conseguiu encaixar um bom o jogo e perdeu para o Molico em Osasco
GABRIEL INAMINE/FOTOJUMP
O Praia Clube não conseguiu encaixar um bom o jogo e perdeu para o Molico em Osasco

O Dentil-Praia Clube não foi páreo para o Molico-Nestlé-SP, no José Liberatti, em Osasco, na noite desta sexta-feira, e acabou perdendo por 3 sets a 0, com parciais de 25/17, 26/24 e 25/14. E o Camponesa-Minas é quem agradece, já que a diferença entre ele e o time de Uberlândia é de apenas dois pontos na classificação.

Em quarto lugar, com 42 pontos, dois a mais que o Minas, o Praia passa a ser pressionado pelas minastenistas nesta reta final de primeira fase.

A briga entre os dois clubes mineiros por um lugar no G-4 continua na próxima terça-feira. O Praia recebe outra pedreira, o vice-líder Sesi-SP, às 19h, em Uberlândia. Já o Minas vai a Araraquara encarar o vice-lanterna Uniara-AFAV-SP, às 21h30.

O jogo. Nesta sexta-feira, em Osasco, o Molico-Nestlé fez valer o fator quadra para levar a melhor sobre o Praia. No primeiro set, a atacante Tandara fez sua parte, anotando cinco pontos para as uberlandenses. Mas não foi o bastante para evitar a derrota de sua equipe por 25 a 17, diante de um Molico mais equilibrado.

A segunda parcial reservou muitos problemas dos dois times. O Molico cedeu nove pontos ao adversário por conta de seus próprios erros. Na mesma moeda, o Praia deu 11 pontos de lambuja ao oponente. Isso tornou a etapa bastante disputada, com as paulistas vencendo novamente, desta vez por 26 a 24.

O terceiro set foi o mais fácil para as donas da casa. Com uma atuação brilhante, a equipe de Osasco não deu chances para o Praia e ganhou por 25 a 14.

Leia tudo sobre: Praia ClubeCamponesa-Minas