Joaquim Levy é nomeado membro do Conselho de Administração do BNDES

No mesmo ato, Ivan João Guimarães Ramalho, secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, foi nomeado como membro e presidente do Conselho de Administração

iG Minas Gerais | Folhapress |


Joaquim Levy é considerado culto e bem-humorado por ex-colegas
DIDA SAMPAIO
Joaquim Levy é considerado culto e bem-humorado por ex-colegas

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, foi nomeado nesta sexta-feira (27) como membro do Conselho de Administração do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). A nomeação foi publicada no "Diário Oficial da União" e assinada pela presidente Dilma Rousseff.

No mesmo ato, Ivan João Guimarães Ramalho, secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, foi nomeado como membro e presidente do Conselho de Administração.

Por seu turno, Márcio Holland de Brito, ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, foi exonerado da função de membro do Conselho de Administração. Levy assumiu em seu lugar.

Ainda por meio do Diário Oficial, Dilma tornou sem efeito o decreto publicado em 9 de janeiro que nomeava o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro Neto, para integrar o conselho do BNDES.

É que pelas regras do banco a função não pode ser exercia pelo industrial e ex-presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria) pois ele possuí mandato parlamentar. Monteiro Neto é senador por Pernambuco.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave