América entra com representação no MP contra a BWA

Administradora terá cinco dias para responder sobre as alterações visuais no Estádio

iG Minas Gerais | Lohanna Lima |

Assim como prometido, o América entrou com uma representação contra a BWA no Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) na tarde desta sexta-feira. A administradora da Arena Independência terá cinco dias para responder sobre as alterações na identidade visual que o Estádio sofreu na partida entre Atlético e Atlas-MEX, na última quarta-feira, pela segunda rodada da Libertadores.

Alencar da Silveira Júnior, um dos membros do Conselho de Administração do América, esteve no MPMG, onde apresentou imagens do Independência com os escudos do América cobertos e outros documentos que comprovam a alteração visual do Estádio. O documento foi assinado pelos promotores de Defesa do Patrimônio Público de Minas Gerais, Elizabeth Viela e Leonardo Barbabela. 

De acordo com o contrato de cessão da Arena Independência, firmado entre o América e o Estado de Minas Gerais, a preservação da identidade visual deve ser obrigatoriamente mantida. 

Leia tudo sobre: Américaministério públicobwa