Inadimplência das empresas cresce 5,1% em janeiro

Segundo a Serasa, a queda no ritmo da atividade econômica e o aumento das taxas de juros têm impactado o caixa das empresas

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

A inadimplência das empresas cresceu 5,1% em janeiro em comparação ao mesmo mês de 2014, segundo balanço da Serasa Experian. Em relação a dezembro do ano passado, o número de empresas com dívidas em atraso aumentou 13,5%.

Segundo a Serasa, a queda no ritmo da atividade econômica e o aumento das taxas de juros têm impactado o caixa das empresas. Além disso, os empreendedores têm enfrentado problemas com os aumentos de custos e com as altas nos preços dos combustíveis e da energia.

Os títulos protestados foram os principais responsáveis pelo crescimento da inadimplência, com aumento de 37% em janeiro na comparação com dezembro. Em relação a janeiro de 2014, foi registrado crescimento de 9,1%.

Com aumento de 8,2% sobre dezembro, as dívidas não bancárias também tiveram forte influência na alta no índice de inadimplência. Enquadram-se nesse grupo despesas com cartão de crédito, fornecedores e contas de água, luz e telefone. Na comparação entre janeiro deste ano e de 2014, a elevação das dívidas em atraso nessa modalidade chegou a 10,5%.

O valor médio dos títulos protestados aumentou 15,9% em janeiro em relação ao mesmo mês de 2014, passando de R$ 1.963,25 para R$ 2.275,70. Também na comparação com o mesmo período, o valor médio dos cheques sem fundos subiu de R$ 2.180,97 para R$ 2.366,14, variação de 8,5%, enquanto o valor das dívidas não bancárias aumentou 5%, de R$ 880,66 para R$ 924,61.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave