Para lugar de Gallo, CBF contrata coordenador de base do Palmeiras

Erasmo Marcelo Damiani, de 49 anos, assumirá a coordenação das bases da seleção brasileira

iG Minas Gerais | FOLHAPRESS |

Na próxima semana, Gallo deverá entregar para a cúpula da entidade um relatório sobre a participação do time brasileiro na competição
RAFAEL RIBEIRO/ CBF
Na próxima semana, Gallo deverá entregar para a cúpula da entidade um relatório sobre a participação do time brasileiro na competição

Erasmo Marcelo Damiani, 49, é o novo coordenador das categorias de base da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). O executivo trabalhava no departamento de base do Palmeiras desde fevereiro de 2012, com passagens anteriores pelo Atlético-PR e Figueirense.

Ele vai substituir Alexandre Gallo, que por enquanto permanecerá como técnico do time sub-20, que entre maio e junho disputará o Campeonato Mundial, na Nova Zelândia.

A chegada de Damiani já rendeu mudanças em comissões técnicas das seleções de base. A comissão técnica da seleção sub-20, com exceção de Gallo, foi desfeita. Também foi demitido Cláudio Caçapa, técnico da seleção sub-15.

Não houve mudanças na seleção sub-17 porque o time está em fase final de preparação para o Sul-Americano do Paraguai, que começa em março.

"Estou fazendo uma reformulação com base na meritocracia, com currículo na mesa", disse à reportagem o coordenador de seleções da CBF, Gilmar Rinaldi.

Ele não quis adiantar a contratação de Damiani, mas a reportagem apurou que o acordo está fechado. "É um ótimo profissional", disse Rinaldi.

A cúpula da CBF entendia que era inviável Gallo acumular as funções de coordenador e de técnico do time olímpico (sub-23) e da equipe sub-20.

Por enquanto, Gallo também deve ficar como treinador do time olímpico e na próxima semana deve fazer uma convocação para realizar amistosos no fim de março, aproveitando a data-Fifa de 23 a 31 do próximo mês.

Outra situação que incomodava a diretoria de seleções da CBF era o fato de os treinadores das equipes de base serem muito próximos a Gallo, amigos da época em que era jogador. Por isso Rinaldi disse que os próximos treinadores serão contratados com a avaliação de currículo.