Prefeito de Barbacena se afasta por 60 dias para tratar dor de cabeça

Toninho Andrada pediu licença para tratar crises de cefaleia em salvas; vice-prefeito está responsável pela gestão do município durante o afastamento do prefeito

iG Minas Gerais | Da redação |

Toninho Andrada explica que o recurso extra, que será liberado em 2014, não vai significar prejuízo para outras cidades
BRUNO FIGUEIREDO - 18.7.2008
Toninho Andrada explica que o recurso extra, que será liberado em 2014, não vai significar prejuízo para outras cidades

O prefeito de Barbacena, Toninho Andrada (PSDB) pediu licença do cargo para tratar-se de crises de dor de cabeça, causadas por elevada carga de trabalho e estresse. Segundo nota publicada no site da prefeitura da cidade do Campo das Vertentes, o prefeito está sofrendo com crises de “cefaleia em salvas” e, segundo o atestado assinado pelo médico Francisco Muniz Neto, é necessário que ele se afaste das atividades devido à elevada carga de trabalho e estresse.

Durante o período de afastamento, o vice-prefeito Mário Raimundo de Melo assumirá a gestão do município. A reportagem de O TEMPO entrou em contato com Francisco Muniz Neto para saber mais informações sobre o estado de saúde de Toninho Andrada, mas ele se negou a falar sobre o assunto alegando sigilo médico.

 

Leia tudo sobre: barbacenaprefeito afastadodor de cabeçacefaleia