Dinamarca detém outro jovem suspeito de colaborar em atentado

Na quinta (26), a Justiça dinamarquesa prolongou por mais quatro semanas a prisão preventiva de dois jovens que estavam detidos há dez dias

iG Minas Gerais | Folhapress |

 A Dinamarca deteve nesta sexta (27) outro jovem suspeito de colaborar nos recentes atentados em Copenhague, nos quais morreram três pessoas, incluindo um terrorista.

O Ministério Público irá solicitar a prisão preventiva do suspeito e pedirá que sua audiência ocorra a portas fechadas, sem que seja divulgada sua identidade. A polícia não forneceu mais detalhes sobre as circunstâncias da detenção.

Na quinta (26), a Justiça dinamarquesa prolongou por mais quatro semanas a prisão preventiva de dois jovens que estavam detidos há dez dias e que foram acusados de colaborar no atentado. Acredita-se que eles tenham ajudado o atirador a se desfazer da arma usada no primeiro ataque e que eles tenham lhe dado cobertura enquanto ele era procurado pela polícia.

Os suspeitos foram detidos menos de 24 horas depois que Omar Abdel Hamid El Hussein, dinamarquês de 22 anos de origem palestina, realizou disparos em um café que realizava um debate sobre blasfêmia e liberdade de expressão. No ataque, um cineasta foi morto.

Nove horas depois de fugir do local, Hussein matou um segurança em frente a uma sinagoga. Ele, que teria se se inspirado no ataque contra o semanário francês "Charlie Hebdo", em janeiro, foi morto pela polícia durante uma troca de tiros.

Leia tudo sobre: dinamarcaatentadojovens