Capital dos EUA libera uso de maconha

Medida sofre ameaça de bloqueio por congressistas

iG Minas Gerais |

‘Fumar em casa. Cultivar em casa’ é o novo slogan em Washington
Robert MacPherson
‘Fumar em casa. Cultivar em casa’ é o novo slogan em Washington

Washington, EUA. Fumar maconha na capital dos Estados Unidos passou a ser legal desde ontem, mas os conservadores do Congresso buscam bloquear a nova regulamentação.

A legalização do consumo de maconha com fins recreativos, que entrou em vigor na quarta-feira à meia-noite, foi aprovada no Distrito de Columbia – como é chamada oficialmente a capital dos EUA – por grande maioria em um referendo em novembro (64,6% contra 28,4%).

Três Estados – Colorado (oeste), Washington e Alasca – já autorizavam o consumo de maconha. Oregon também deve legalizar o consumo da substância nem julho.

A partir de agora, a capital de Washington, de 650 mil habitantes, autoriza a posse de pequenas quantidades de maconha, mas não permite sua compra ou venda. Os adultos podem ter até 60 gramas – o equivalente a 80 cigarros – e cultivar até seis plantas em casa. A venda de cachimbos, narguilé ou papel de fumo também está autorizada.

“Os moradores falaram alto e claro quando votaram para legalizar pequenas quantidades de maconha”, justificou a prefeita de Washington, Muriel Bowser. Como o Distrito de Columbia não é considerado um Estado, a maconha permanece ilegal sob a legislação federal.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave