Saiba quais são os documentos necessários para a declaração do IRPF

Reunir a documentação corretamente ajuda na hora de preencher a declaração; entrega começa em março

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Na hora de acertar as contas com o Leão, organizar bem os documentos é o primeiro passo para evitar falhas no preenchimento da declaração de Imposto de Renda.

A vice-presidente de Ética e Disciplina do Conselho Regional de Contabilidade de Mas Gerais (CRC-MG) listou documentos que são importantes na hora de fazer a declaração. Veja quais são:

  • Cópia e recibo da declaração de Imposto de Renda do ano anterior; ela explica que é importante que o contribuinte tenha o documento em mãos para consultar informações, se necessário;
  • O informe de rendimentos que o contribuinte recebe da fonte pagadora;
  • Comprovantes de despesas médicas, com nome e CPF do profissional em caso de consulta particular, ou comprovante de pagamentos ao plano de saúde, no qual conste quais foram os gastos do titular e dos dependentes;
  • Comprovantes de despesas com educação do contribuinte e dos dependentes;
  • Comprovantes da contribuição previdenciária de empregados domésticos;
  • Comprovantes de distribuição de lucros (para empresários) e comprovante de aposentadoria (caso o contribuinte receba pelo INSS);
  • Informes de rendimentos e saldos bancários das instituições financeiras. Caso o banco não envie o informe é possível, de acordo com a especialista, apresentar extratos das contas bancárias/aplicações financeiras/investimentos em 31 de dezembro 2014;
  • Recibos de aluguel, tanto pagos quanto recebidos;
  • Comprovantes de pagamento de previdência privada;
  • Documentos que comprovem tanto a venda quando a compra de bens patrimoniais, como imóveis e carros;
  • Relatórios de controle para quem realizou operações em Bolsa de Valores;
  • Comprovantes de pagamentos do Carnê-Leão, para profissionais que utilizam o programa;
  • Comprovantes de doações que podem ser deduzidas, como para leis de incentivo e entidades de apoio a crianças e adolescentes;
  • Levantamento de dívidas e parcelamentos maiores que R$ 5 mil;
  • Documentos que compõem o livro caixa dos profissionais liberais.
  • Rosa lembra que importante ser preciso ao preencher a declaração e guardar todos os documentos, caso seja necessário prestar esclarecimentos ao Fisco. A Receita Federal começará a receber as declarações no dia 2 de março. O prazo se encerra em 30 de abril.

    Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave