Aubameyang: "vencer clássico é como ter um orgasmo"

Atacante gabonês mostrou-se empolgado com a perspectiva de disputar mais um dérbi do Ruhr contra o Schalke 04

iG Minas Gerais | AFP |

Pierre-Emerick Aubameyang deu a vitória para o Borussia nesta sexta-feira
PÁGINA OFICIAL/FACEBOOK/REPRODUÇÃO
Pierre-Emerick Aubameyang deu a vitória para o Borussia nesta sexta-feira

O atacante gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, do Borussia Dortmund, mostrou-se empolgado com a perspectiva de disputar mais um dérbi do Ruhr contra o Schalke 04 no sábado, ao declarar que "vencer um clássico é como ter um orgasmo".

"Adoro esse tipo de jogo. Pode parecer estranho, mas posso dizer que vencer um clássico é como ter um orgasmo. Estou sendo sincero, é exatamente o que sinto", afirmou o jogador de 25 anos em entrevista à revista alemã Sport Bild.

O Borussia fez um início de temporada desastroso na Bundesliga, amargando até a lanterna há poucas semanas, mas deu a volta por cima ao vencer três jogos seguidos e ocupa hoje a 12ª posição, com três pontos de vantagem sobre o Freiburg, último time da zona de rebaixamento.

Na terça-feira, o atual vice-campeão perdeu por 2 a 1 no campo da Juventus, na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, mas manteve as chances de avançar para as quartas graças ao gol marcado fora de casa.

"A nossa única preocupação é continuar vivos, mas podemos acumular confiança vencendo o clássico", afirmou Aubameyang, artilheiro do Borussia na temporada e autor de quatro gols nas últimas três rodadas da Bundesliga.

"Temos que devolver o carinho da torcida, que continuou nos apoiando apesar da primeira parte de temporada miserável que fizemos", completou.

Quarto colocado da Bundesliga, o Schalke aposta no retorno do atacante holandês Klaas-Jan Huntelaar, que cumpriu quatro jogos de suspensão.

Os Azuis Reais praticamente não têm mais chances de classificação para as quartas da Liga dos Campeões, por ter perdido por 2 a 0 em casa para o Real Madrid, na semana passada.