Participação de iniciativa privada não está em discussão, diz prefeito

iG Minas Gerais |

Depois de blocos de rua de Belo Horizonte terem publicado nota de repúdio à possibilidade de o Carnaval da cidade ser patrocinado – levantada nesta semana pelo prefeito Marcio Lacerda (PSB) –, ele afirmou ontem que a participação da iniciativa privada no Carnaval não está em discussão.

“Em momento nenhum se falou em limitar absolutamente nada”, disse Lacerda, que defendeu o diálogo com todos os interessados para chegar a um consenso. “O projeto do Carnaval não é da prefeitura nem dos blocos, é da cidade, não tem dono”, disse.

editais. Em 2015, três editais para a realização de eventos, de R$ 1,5 milhão cada, deveriam ter sido lançados, mas apenas um foi feito. “Estamos com dificuldade de fazer outros dois”, afirmou. Segundo o prefeito, porém, o problema da falta de recursos é específico deste ano.

“O Carnaval do ano que vem é outra história, é um evento oficial do calendário da cidade, então a prefeitura tem responsabilidade”. (RM, com Joana Suarez)

Cronograma

‘Descanso’. Segundo o político, é cedo para planejar a folia de 2016. “Falta um ano para o Carnaval, vamos parar de falar no assunto, dar um descanso de uns 30 dias para todo mundo”, disse.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave