Gêmeos separados em GO inspiram cuidados

iG Minas Gerais |

Goiânia. Os gêmeos siameses Arthur e Heitor, de 5 anos, se recuperam da cirurgia de separação realizada no Hospital Materno Infantil, em Goiânia. O procedimento durou cerca de 15 horas e terminou na madrugada de ontem. Segundo os médicos, as próximas 48 horas são decisivas para a recuperação dos meninos.

A assessoria de imprensa do hospital informou na manhã de ontem que os meninos estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo o boletim médico, o estado de saúde dos garotos é grave e eles respiram com a ajuda de aparelhos.

O tempo previsto para a cirurgia era de 12 horas, mas, devido à complexidade do caso, foi estendido. Os médicos informaram que a operação transcorreu dentro do esperado. Inclusive, eles tiveram uma boa notícia, pois, diferentemente do que acreditavam, cada um dos gêmeos têm um intestino, uma bexiga e uma vesícula.

Os gêmeos eram unidos pelo tórax, abdômen e bacia, compartilhando o fígado e a genitália. Eles tinham três pernas, mas, com a cirurgia, cada irmão passou a ter um membro. Da terceira perna foram retirados pele e fêmur, que ajudarão na recuperação individual dos garotos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave