Governo se compromete a sancionar sem veto Lei dos Caminhoneiros

Medida foi anunciada após encontro entre lideranças da categoria, governo e representantes de empresários

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Congestionamento na BR-381, entre Betim e Igarapé, durante manifestação
douglas magno
Congestionamento na BR-381, entre Betim e Igarapé, durante manifestação

O governo se comprometeu a sancionar sem vetos a Lei dos Caminhoneiros, segundo declarou nesta quarta-feira (25) o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Miguel Rossetto. A medida foi anunciada após  o encontro entre lideranças dos caminhoneiros que fazem protestos nas estradas do país com representantes de empresários e governo. 

A manifestação dos caminhoneiros contra aumento dos preços do diesel e do frete, considerado baixo pela categoria chegou ao seu sétimo dia, nesta quarta. Em reposta, ministro ainda afirmou que preço do diesel não será reajustado pelos próximos seis meses.

Ainda nesta quarta, o secretário-executivo da Secretaria-Geral, Laudenir Muller, afirmou que  governo irá condicionar a aplicação das medidas à suspensão dos bloqueios. 

Para tentar liberar o mais rápido todas as rodovias, tropas da Força Nacional foram convocadas para retirar os caminhoneiros que interditam trechos de estradas federais em Estados onde foram ajuizadas ações de desobstrução pela Advocacia-Geral da União (AGU).

Às 15h desta quarta-feira (25), havia 94 pontos de interdição em rodovias federais do Rio Grande do Sul (com 30 trechos), Paraná (21), Santa Catarina (21), Mato Grosso (10), Mato Grosso do Sul (5) e Goiás (3), segundo balanço da Polícia Rodoviária Federal. Às 10h30, eram 99 pontos.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave