Renan Calheiros quer acelerar apreciação de reforma política no Senado

Mesmo admitindo que não há consenso sobre os temas, Calheiros enfatizou a importância de “dar o primeiro passo” e iniciar as votações das propostas

iG Minas Gerais | Agência Brasil |

Renan Calheiros quer acelerar apreciação de reforma política no Senado
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Renan Calheiros quer acelerar apreciação de reforma política no Senado

Os líderes dos partidos no Senado têm até sexta-feira (26) para apresentar a lista de projetos referentes à reforma política que querem colocar na pauta de votações do plenário. Segundo o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), alguns pontos serão apresentados imediatamente para votação. Um deles é o que prevê a desincompatibilização dos cargos do Executivo para candidatos à reeleição e o fim do voto proporcional para vereadores e deputados federais e estaduais em cidades com mais de 200 mil habitantes.

"É uma medida importante, profilática”, ressaltou o senador. A sua intenção é votar o fim das coligações proporcionais e apreciar rapidamente o voto majoritário nas eleições municipais em cidades com mais de 200 mil habitantes.

Mesmo admitindo que não há consenso sobre os temas, Calheiros enfatizou a importância de “dar o primeiro passo” e iniciar as votações das propostas. "Quando não há consenso, o Parlamento delibera, vota. Se nós não reformarmos a política, nós seremos todos reformados", ressaltou.

No momento, dez propostas sobre a reforma política estão prontas para ir à votação no plenário do Senado. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave