VW Jetta traz novidades no visual e no conteúdo

Sedã médio ganha luzes diurnas de LED, novos para-choque e interior revisto; nova versão de entrada Trendline tem preço a partir de R$ 75 mil

iG Minas Gerais | Felipe Boutros |

Noa versão de entrada do VW Jetta, a Trendline
Ricardo Hirae/Volkswagen/Divulgação
Noa versão de entrada do VW Jetta, a Trendline

A Volkswagen lançou no Brasil na última terça-feira (24), o sedã médio Jetta com retoques no visual e no interior. Na frente, há novos para-choque, grade e luzes diurnas de LEDs. Atrás, o para-choque também foi redesenhado, assim como as lanternas, com novo arranjo de luzes. Por dentro, as maiores alterações foram no painel de instrumentos e a adoção de um novo volante.

O modelo também ganhou uma nova versão de entrada, a Trendline. Por R$ 75 mil, ela vem equipada com motor 2.0 flex de até 120 cv (com etanol) e câmbio automático de seis marchas. Ela tem de série rodas de 16 polegadas de liga leve, som com CD player, entrada USB e bluetooth, volante com ajuste de altura e profundidade, ABS e EBD, controle de tração e airbags frontais e laterais.

A versão intermediária Comfortline agrega sistema multimídia com tela sensível ao toque de 6,5 polegadas e cruise control.

A top de linha Highline oferece o motor 2.0 TSI, sistema multimídia com oito alto-falante, rodas de liga aro 17, bloqueio de diferencial, controle de estabilidade, auxílio de frenagem de emergência e de arrancada em subida, entre outros. Essa versão e a intermediária Comfortline não tiveram o preço divulgado até o fechamento desta edição.

Futuro nacional

A Volkswagen já anunciou que irá nacionalizar o Jetta ainda em 2015. A produção ficará a cargo da fábrica Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). Por enquanto, porém, o sedã continua sendo importado do México.

O jornalista viajou a convite da Volkswagen

Leia tudo sobre: lançamentosedã médioVolkswagenVWJettaversão de entrada