Taxistas protestam em frente a casamento de Tiaguinho e Fernanda Souza

Motoristas manifestaram contra o app Uber no local onde acontecia festa pós-cerimônia do casal famoso; aplicativo é utilizado para contratar serviços de transportes alternativos aos táxis

iG Minas Gerais | Folhapress |

AgNews
undefined

Motoristas de táxi protestaram entre a noite de terça-feira (24) e a madrugada desta quarta (25) em frente ao local onde ocorria a festa de casamento do cantor Tiaguinho e da atriz Fernanda Souza, na Casa Fasano, região do Itaim Bibi, zona sul de São Paulo, contra o uso do aplicativo Uber -de transporte alternativo ao táxi.

Segundo Antonio Matias, presidente do sindicato dos taxistas, a empresa que organizou o casamento do cantor e da atriz contratou motoristas particulares por meio do aplicativo Uber para que realizassem o transporte dos convidados, da mesma forma que hoje as pessoas chamam táxis.

Matias disse que o grupo não estava protestando, mas apenas ocupando o ponto de táxi em frente ao local onde ocorria o casamento. "Baixamos o aplicativo e não deixamos os carros da Uber pararem. As pessoas estão usando nossos táxis", disse o presidente do sindicato.

Os taxistas começaram o protesto por volta das 20h em frente à igreja Nossa Senhora do Brasil, nos Jardins, e depois foram ao local da festa na Casa Fasano na rua Leopoldo Couto de Magalhães. Os manifestantes dizem que ao menos cem táxis participaram do protesto, mas a Polícia Militar não confirmou o número. Por volta da 0h30 desta quarta não havia ocorrido confusão no local.

Agentes da prefeitura estiveram no local, mas não apreenderam nenhum carro com motorista ilegal. O protesto dos taxistas terminou por volta das 2h.

Leia tudo sobre: taxistasuberaplicativofernanda souzathiaguinhocasamentocelebridades