Sada Cruzeiro sediará Mundial

Evento ainda não tem o local de disputa confirmado, mas vai ser realizado em outubro de 2015

iG Minas Gerais | Da redação |

Na busca do bi. 
Campeão em 2013, Sada vai contar com a torcida cruzeirense para tentar novo título
LEO FONTES / O TEMPO
Na busca do bi. Campeão em 2013, Sada vai contar com a torcida cruzeirense para tentar novo título

O Campeonato Mundial de Clubes de Vôlei vai continuar em Minas Gerais. Conforme antecipou a reportagem de O TEMPO , o Sada Cruzeiro finalizou as negociações com a Federação Internacional de Voleibol (FIVB) e sediará, pela terceira vez seguida. A competição será realizada entre os dias 27 de outubro e 1º de novembro, em local ainda a ser definido.

“Agora, depois de finalizar esse acordo com a FIVB, de que vamos sediar novamente o Mundial, vamos trabalhar na definição de outras questões, como o local da disputa. Provavelmente será em Belo Horizonte e não descartamos a possibilidade de ser no Mineirinho. Nosso objetivo é fazer esse torneio em um ginásio que atenda bem aos torcedores, aos clubes, que nos dê condições para realizar um evento esportivo de altíssimo nível”, garantiu Marina Medioli, diretora executiva do Sada Cruzeiro.

O que se sabe é que o Mineirinho vai receber investimentos para reformas em sua estrutura e tem boas chances de, pelo segundo ano consecutivo, ser o palco de jogos de alguns dos maiores times do mundo.

Por ser o anfitrião, logicamente o Sada Cruzeiro estará na disputa pelo título mundial. Outra equipe confirmada é o UPCN-ARG, campeão do último Sul-Americano. Haverá ainda um representante europeu e um africano. Mais três vagas serão de equipes da Ásia e da Norceca – entidade que rege o vôlei da América do Norte, Central e Caribe).

Em 2013, quando sediou o torneio pela primeira vez, em Betim, o anfitrião Sada Cruzeiro conquistou o título histórico para o vôlei brasileiro. Na edição de 2014, que teve como palco o ginásio do Mineirinho, o campeão foi o russo Belogorie Belgorod. Os cruzeirenses ficaram com a quarta posição no último Mundial.

“Para o Sada Cruzeiro é muito importante sediar um torneio como esse, colocando o Brasil e Minas Gerais em destaque no cenário esportivo mundial. E vamos firmes também para lutar pelo bicampeonato em casa”, disse Marina.

Brasileiro

Representante. O Sada Cruzeiro será o único time brasileiro na disputa do Mundial de Clubes. Participante nas duas últimas edições, o clube mineiro garantiu vaga por ser o anfitrião do torneio novamente.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave