“Assistir é uma coisa muito social”

Empreendedores buscam fórmulas e programas para suavizar a logística de casais em ver um programa juntos

iG Minas Gerais | Katherine Rosman |

“Top Chef” está na preferência de Jeanna e Matt Thomas
Bravo TV
“Top Chef” está na preferência de Jeanna e Matt Thomas

Nova York, EUA. Assistir a série juntos. Esse é o tipo de excentricidade a ser trabalhado no casamento contemporâneo. Jake e Maïa O’Bannon são recém-casados de Oklahoma City. Jake O’Bannon, 23, tem uma jornada de trabalho tradicional como contador. Maïa O’Bannon, 22, é diretora dos dormitórios de uma universidade local e costuma exercer funções à noite. Sempre que possível, eles gostam de ver seriados juntos, tais como “Downton Abbey” e “Parks and Recreation”.

Maïa respeita o compromisso marital e aguarda para que ambos assistam em conjunto, mas o marido acha mais difícil manter essa fidelidade midiática.

Pouco tempo atrás, Jake assistiu um episódio de “Parks” enquanto a esposa trabalhava, depois o viu novamente com ela – fingindo que era pela primeira vez. “Tentei rir nas horas certas, mas sou um ator canastrão”, ele contou. Foi pego com a boca na botija.

“Parte da experiência da maratona é estar com outras pessoas, ver suas reações e viver juntos essa obsessão”, disse Maïa, que perdoou a traição do marido com “Parks’.

Empreendedores estão trabalhando para ajudar a suavizar a logística de assistir junto. O Rabbit é um novo serviço que permite que até 11 pessoas assistam simultaneamente o mesmo programa em computadores individuais.

“Claro que a tecnologia móvel e o streaming permitem que você se esconda na sua caverna e veja algo sozinho, mas não é isso que torna divertido ver um programa de TV”, disse Michael Temkin, diretor-presidente do Rabbit.

Qualquer conteúdo acessível pelo computador pode ser compartilhado e os espectadores trocam mensagens ou batem papo via vídeo na tela enquanto o programa, filme ou podcast é reproduzido. “Assistir é uma coisa muito social”, avaliou Temkin.

Para o casal Jeanna e Matt Thomas, de Atlanta, os desafios de assistir em dupla, já complicados pelas restrições de tempo provocadas pelo trabalho e criação dos filhos, são elevados pelos riscos de revelações da trama.

O casal gosta de guardar episódios de programas como “Top Chef” e depois assistí-lo em um fim de semana. Para garantir que os enredos e o suspense não sejam sacrificados em nome de achar tempo para ver o seriado juntos, Jeanna e Matt Thomas habilitaram filtros no Twitter.

Por exemplo, Jeanna muda sua configuração para que qualquer menção a um participante de “Top Chef” seja excluído do que recebe, desligando as postagens da Bravo, a rede que transmite o programa, bem como de um dos juízes do seriado, Tom Colicchio.

“Você precisa ser proativa”, disse ela. “É um compromisso e tanto”.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave