Déficit nas transações correntes em janeiro é sazonal

Tulio Maciel disse ainda que é importante ficar atento ao menor crescimento da economia e à variação cambial

iG Minas Gerais | Agência brasil |

Banco Central: chefe do Departamento Econômico atribui déficit de janeiro à sazonalidade
Arquivo/Agência Brasil
Banco Central: chefe do Departamento Econômico atribui déficit de janeiro à sazonalidade

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (BC), Tulio Maciel, atribuiu hoje (24) o déficit nas transações correntes em janeiro, que somou US$ 10,654 bilhões, à sazonalidade, ou seja, às influências que diferentes épocas do ano exercem sobre a economia. Maciel ressaltou que janeiro é um mês tradicionalmente mais fraco, principalmente para a balança comercial.

“Os embarques [de produtos] têm início em março”, disse ele, que considerou o resultado “normal” para o período e lembrou que, em janeiro de 2014, o déficit foi maior. No mesmo mês do ano passado, o resultado das transações correntes ficou negativo em US$ 11,574 bilhões, o pior resultado mensal desde o início da série histórica do BC, em 1980.

Maciel disse ainda que é importante ficar atento ao menor crescimento da economia e à variação cambial. “Em termos de atividade, o menor crescimento contribui para diminuir a demanda [interna] por bens estrangeiros. Em termos de câmbio, o dólar em alta contribui para bens estrangeiros mais caros, reduzindo a demanda e aumentando a competitividade das exportações", destacou.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave