Governo de Minas anuncia cortes para sair do vermelho

Secretário de governo, Odair Cunha, afirma que readequação no orçamento para 2015 é necessária para sair do negativo; Durval Ângelo afirma que déficit nominal do governo é de R$ 5 bilhões

iG Minas Gerais | Isabella Lacerda |

O secretário estadual de governo, Odair Cunha, anunciou que o Estado de Minas Gerais fará cortes para poder equilibrar as contas. A declaração foi dada na manhã desta terça-feira (24), durante reunião com os deputados da base aliada, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

Segundo Cunha, o orçamento apresentado pelo governo anterior para 2015 fez uma “superestimativa das receitas e das despesas”, com a previsão de gastar mais do que arrecadar. Sendo assim, há uma necessidade de readequação das contas para que o Estado saia do negativo.

De acordo com o líder do governo da ALMG, deputado estadual Durval  Ângelo (PT), o déficit nominal do governo é de R$ 5 bilhões.

O orçamento, que deveria ter sido votado até dezembro do ano passado, não o foi devido a troca de governo. A reformulação dele, deve chegar a ALMG em março.

Ainda, segundo Cunha, os cortes terão que ser feitos não só dentro do governo, mas também em órgãos estaduais, como Ministério Público de Minas Gerias e a própria assembleia. Serão feitas reuniões, a começar nesta tarde, para negociar a redução dos gatos.

Leia tudo sobre: cortesorçamentogovernoreceitasdespesas