Grupo defende cultura de paz

Proposta é que as pessoas possam despertar sua divina consciência

iG Minas Gerais | Ana Elizabeth Diniz |

Urbana. O Movimento DeDiCo acaba de inaugurar uma nova sala no coração da Savassi
FERNANDA CARVALHO / O TEMPO
Urbana. O Movimento DeDiCo acaba de inaugurar uma nova sala no coração da Savassi

No nome sugerido pelo mestre ascensionado Micaell, por meio de canalização, está contida a missão de um grupo de jovens que querem fazer desse mundo um lugar muito melhor para se viver.

O movimento DeDiCo pode ser lido como as iniciais do despertar da divina consciência, surgiu há 16 anos e tem um lema: “simples é a vida de um simples coração”.

Quem vai narrando a trajetória do movimento é Esther Carvalho, 22, uma das coordenadoras do movimento e filha de Norma Aparecida Carvalho, idealizadora e fundadora. O grupo construiu em Aranha, distrito de Brumadinho, o Ashram da Paz, um oásis em meio à natureza em que são oferecidas dinâmicas como meditação, ioga, tai chi chuan, orações, oficinas, palestras, momentos de silêncio e contato direto com a natureza.

O movimento DeDiCo é universalista e respeita todas as crenças e religiões. Ele surgiu de um encontro de pessoas que comungam do mesmo propósito de crescimento e despertar da divina consciência e hoje conta com 60 membros efetivos.

“Propomos um modo de vida mais consciente e pleno de sentido, em constante busca do progresso humano para a união com Deus. Enxergando além das barreiras, esse movimento promove a qualidade de vida e o entendimento universalista das leis essenciais. Nele, prezamos pelo respeito e valorização de toda expressão filosófica, religiosa, psicossocial e científica que busca o avanço espiritual do ser humano e o progresso coletivo”, comenta Esther.

O grupo trabalha para o despertar do verdadeiro sentido do “re-ligare”. “Em um ambiente de harmonia e rara beleza natural, oferecemos oportunidades para que cada um viva experiências profundas dedicadas ao despertar interior e ao crescimento integral: meditações, cursos e oficinas, visão ecológica, projetos sociais, grupos de oração e música, estudos filosóficos, promoção da saúde, silêncio, leituras. Tudo isso integrado à vontade de cada um de construir a partir de suas próprias atitudes um mundo novo”, diz Esther.

No ashram são desenvolvidos alguns projetos sociais que estimulam a cultura de paz nas escolas (5.000 crianças já foram beneficiadas), o despertar do sagrado, uma vida mais consciente das ações e escolhas, distribuição de cestas básicas (8.000 já foram distribuídas). “A paz não está em nenhum lugar, não damos paz às pessoas, a paz está dentro de cada ser”, comenta a coordenador.

Programação

Segunda, das 18h30 às 19h30, acontece o grupo de estudos, das 19h30 às 20h30, o grupo de autoconhecimento. Na terça, das 7h às 8h, alongamento e meditação, e das 8h às 9h, mensagem para o dia. Na quarta, das 12h às 13h, das 13h às 14h e das 18h30 às 19h30, acontece a meditação para iniciantes. Das 19h30 às 20h30, meditação para iniciantes e curso de pintura de mandalas. Na quinta, das 7h às 8h, alongamento e meditação, das 8h às 9h, mensagem para o dia, e das 19h30 às 21h, fundamentos para uma consciência desperta e uma vida de harmonia. Na sexta, das 12h às 13h e de 13h às 14h30, meditação para iniciantes.

O Movimento DeDiCo fica na avenida Cristóvão Colombo, 64, sala 223, Savassi. Informações pelo telefone (31) 9606- 7777, ou https://pt-br.facebook.com/movimentodedico, ou pelo site http://dedico.com.br/

Princípios

Prática de quatro pilares fundamentais para o despertar da divina consciência: oração, meditação, silêncio e trabalho (serviço devocional)

Promoção do bem-estar

Cultivo de novos hábitos Despertar para uma forma mais consciente de cada um ser, viver e conviver no universo

Saúde integral que busque o equilíbrio entre corpo, mente e espírito

Consciência ecológica que considere os impactos de uma atitude individual no ecossistema com um todo

Desenvolvimento do pensamento por meio do acesso a novos conhecimentos que possibilitem a autorreflexão, a quebra de paradigmas e o aperfeiçoamento pessoal e coletivo

Produção de recursos materiais manufaturados respeitando o meio ambiente e oferecendo oportunidade de trabalho físico

Avanço espiritual por meio de práticas espirituais que elevem a vibração energética

Prática do serviço devocional (bhakti yoga)

Comunicação com seres de luz extrafísicos

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave