André evita falar em titularidade contra o Atlas na quarta

Sem Lucas Pratto e Jô, o atacante pode ganhar a vaga entre os 11, na partida pela Copa Libertadores

iG Minas Gerais | DIEGO COSTA |

BRUNO CANTINI/ DIVULGAÇÃO ATLÉTICO
undefined

O atacante André vive a expectativa de ganhar a segunda oportunidade entre os titulares do time do técnico Levir Culpi. E pode ser em uma partida importante para o clube, na quarta-feira, contra o Atlas-MEX. Na Arena Independência, o Galo precisa da vitória para se recuperar da estreia ruim na competição continental.

Sem ir a campo nesta segunda, pois fez um trabalho regenerativo, o jogador prefere aguardar a definição de Levir para comentar a possível oportunidade.

"Não sei. É difícil prever o Levir. Não sei se vou entrar. É se preparar para que, se for eu, possa jogar bem e fazer gols. Se eu não jogar, vou torcer também para quem for entrar", disse o atacante.

Nesse domingo, ele foi titular e marcou o gol da derrota diante do Coelho, por 2 a 1, no Horto. André gostou da chance de voltar ao time após um longo período longe dos gramados. Ele fez parte do trio que foi afastado por atos de indisciplina, ao lado de Jô e Emerson Conceição.

"Contra o América, foi bom para mim. Preciso dessa confiança, por ter feito o gol também. Não serve só para mim, mas para quem for entrar. É estar preparado e esperando oportunidades", destaca o centroavante, que ainda lamentou as lesões de Jô e Lucas Pratto, ambos sofreram um estiramento na coxa direita.

"Já tinha passado por isso antes. O futebol é assim. Ao mesmo tempo em que falavam que o Atlético tinha muitos atacantes, agora tem poucos. O Levir sempre fala para quem estar de fora, estar atento. Isso faz parte. Infelizmente acontece. Eu me preparei para a oportunidade. Está acontecendo agora. Infelizmente eles se machucaram", afirma André.

No treino desta segunda, Levir escalou a equipe com dois jogadores, mas sem centroavante. A formação foi a mesma da estreia contra o Colo-Colo, no Chile, na derrota por 2 a 0. 

Leia tudo sobre: andrelevir culpiatacanteatlasmexicocolo-cololibertadorestreino