Em alta, Leandro Damião jogou no sacrifício contra o Boa Esporte

Camisa 9 não se importou com dores na coxa, entrou em campo e assumiu a artilharia do Campeonato Mineiro

iG Minas Gerais | Josias Pereira |

Cruzeiro e Boa Esporte se enfrentam no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro
LEO FONTES / O TEMPO
Cruzeiro e Boa Esporte se enfrentam no Mineirão, pela quarta rodada do Campeonato Mineiro

Artilheiro do Campeonato Mineiro com quatro gols, o atacante Leandro Damião revelou que atuou no sacrifício na vitória com o Boa Esporte por 3 a 0, no último sábado, no Mineirão. O camisa 9 levou um tostão na coxa, no famoso rachão pré-jogo, na atividade da sexta-feira. Apesar da dor no local, o centroavante foi ao campo, balançou as redes e distribuiu quatro assistências.

"Muitos centroavantes são assim. O próprio Marcelo Moreno era assim. Meu papel é ajudar a equipe. Nesse jogo quase não joguei, fiz um teste para estar em campo. Atuei com um pouco de dor, e me esforcei ao máximo", afirmou Damião, que garante estar 100% para o compromisso desta quarta-feira, contra o Universitario, em Sucre, na Bolívia.

"Foi um famoso tostão na coxa, atrapalhou bastante até no rachão. Hoje eu fiz um bom tratamento e está zerado", complementou.

Apesar da boa fase no início da temporada, o camisa 9 não quer dar brecha. Com vários concorrentes no setor, Damião quer manter a toada e seguir brilhando, desta vez, no torneio internacional.

"É sempre bom estar fazendo gols. Mas não adianta parar por aí. A concorrência é grande, tem muitos jogadores nessa função. É desempenhar o melhor papel possível, dando passe, ajudando na marcação. Espero que dê sequencia e possa continuar nesta fase", finalizou o avante.