Após acidente 'estranho', Alonso passará por mais exames

Espanhol passou a noite na UTI, mas segundo a McLaren passa bem; bateria desta manhã define se piloto pode ser liberado

iG Minas Gerais | Folhapress |

Esta é a primeira vez que o espanhol aparece vestindo o macacão da escuderia
Divulgação/ Twitter McLaren
Esta é a primeira vez que o espanhol aparece vestindo o macacão da escuderia

Depois de passar a noite em observação no hospital por conta do acidente que sofreu na manhã deste domingo (22), enquanto participava da segunda sessão de testes da pré-temporada da F-1, em Barcelona, Fernando Alonso passará por mais uma bateria de exames nesta segunda-feira (23) para saber se poderá ser liberado.

Tendo sofrido uma concussão por conta da batida, que ocorreu quando ele completava sua 21ª volta, o piloto da McLaren passou a noite na Unidade de Tratamento Intensivo, o que é praxe nestes casos.

A McLaren ainda não divulgou nenhuma atualização no estado de saúde de Alonso, mas no domingo a equipe disse que ele estava consciente e falando normalmente.

O time também não divulgou o que teria causado a batida. Como as câmeras do circuito não mostravam a Curva 3, local onde o piloto se chocou, não se sabe ao certo o que aconteceu.

De acordo com a McLaren, ele perdeu o controle do carro e bateu a lateral direita no muro. Após ser levado ao centro médico do circuito, Alonso foi transportado de helicóptero ao hospital, onde passou por tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas.

Sebastian Vettel, que substituiu o espanhol na Ferrari neste ano, vinha atrás do McLaren de Alonso no momento da batida e afirmou que o acidente foi "estranho".

"A velocidade que ele estava era baixa, talvez uns 150 km/h. Aí ele virou para a direita, em direção ao muro. Me pareceu estranho", declarou o piloto alemão.

Os times da F-1 voltam a testar no mesmo circuito de Montmeló a partir de quinta-feira (26). Serão os quatro últimos dias de treinos antes da abertura do Mundial, no dia 15, na Austrália.

Leia tudo sobre: alonsopilotoacidenteutimclaren