Brincar com a comida pode, sim

iG Minas Gerais |

Algumas estratégias podem contribuir para que as lancheiras das crianças voltem vazias para a casa depois das aulas. Um bom truque é “brincar com a comida”.

“A criança é muito lúdica. Precisamos entrar no universo dela para que ela se alimente bem”, ensina a nutricionista Cintya Bassi.

A estudante universitária Juliana Borges, 24, fazia “merendas motivacionais” para a filha Helena, 6. Ela embrulhava o pote com o lanche da menina em um saco de papel, no qual fazia desenhos e escrevia recadinhos.

“Este ano, ela está comendo o lanche coletivo da escola, então não faço mais os desenhos. Mas ela sempre me pede”, conta a mãe.

Cortar pães e frutas em formato de bichinhos, flores ou outros temas divertidos é uma alternativa para deixar o lanche mais atraente. (RS)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave